foto:

Primeiras páginas

Certa vez alguém me disse, que se tudo desse errado, eu só precisava escrever uma história….” Guilherme Vinicius

Comecei a escrever, e dessa vez é pra valer. Eu finalmente criei coragem, abrir um novo documento do Word e comecei a escrever as primeiras palavras. Fiquei tanto tempo esperando uma grande história e esqueci de tanta coisa que tenho pra contar.

A citação acima é a primeira linha, da primeira página, do meu primeiro livro. É só uma amostra pra deixar vocês com a pulga atrás da orelha.
Ainda não tenho muito o que dizer. Mas posso adiantar que ele será diferente de tudo que já li.
Sem referencias baratas, sem apelos falsos e finais mentirosos.
Será como sempre quis: O melhor de cada pior momento, e o pior de cada melhor momento.
Será verdadeiro, como a vida é. E inspirador, como devemos ser.
E principalmente, não será sobre mim. Ninguém merece né? 😉

Bom, já não da mais pra escrever muito aqui, agora tenho outra missão!
Só pra finalizar, quero responder uma pergunta que me fizeram hoje:

Vamos continuar fazendo essas coisas. Erradas ou certas, está implícito.
Não acaba, só diminuí por um tempo. Até voltar e começar outra vez.
Isso não é motivo de arrependimento, é motivo de orgulho, é quem você é.
Não olhe pra trás. Olhe pra frente. Faça como tem que ser feito. E um dia você verá, que tudo valeu a pena!

Leitor. Sem o seu comentário, eu jamais teria conseguido amadurecer o suficiente.
Renata kraneck. Você é a pestinha responsável por isso. A culpa é sua!
E por fim a você, que por pelo menos um minutos passou pela minha vida e inspirou uma história, dedico com carinho o meu mais sincero Obrigado!

Have a Nice Day! 😉

ps: A música que está tocando é em homenagem a Tom Kapinos, o criador do mais emocionante e contraditório romance.